Céu do Rio fica rosa por causa de partículas da erupção do vulcão de Tonga

A erupção aconteceu no último dia 15, com força superior a de uma bomba atômica. As partículas da erupção do vulcão viajaram cerca de 13 mil quilômetros

Foto: Reprodução/ Elisa Soupin/ Arquivo Pessoal

O céu do Rio de Janeiro amanheceu com um tom diferente nesta sexta-feira (28). O nascer do sol ganhou um tom rosado por causa de partículas da erupção do vulcão de Tonga, que viajaram cerca de 13 mil quilômetros.

A erupção aconteceu no último dia 15, com força superior a de uma bomba atômica. Além de ter provocado um tsunami que atingiu a capital de Tonga, a erupção também causou mudanças no céu.

As partículas do vulcão, quando iluminadas pelo sol, acabam "tingindo" o céu. A cor rosa aparece, então, no amanhecer e no entardecer, momentos em que o sol está baixo.

Segundo o Climatempo, o fenômeno deve continuar por alguns dias.

Metro1

Postar um comentário

0 Comentários