Programa “Bota pra Girar” oferece crédito para pequenos empreendedores em Alagoinhas

 Micro e pequenos empreendedores  já podem solicitar crédito, em Alagoinhas, por meio do Programa “Bota pra Girar”, desenvolvido pelo Credibahia, do Governo Estadual, em parceira com a Prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente (SEDEA).

Com oferta de crédito a juros de 2% ao mês, pagos em até 24 parcelas, o objetivo do programa é incentivar as atividades produtivas e a geração de emprego e renda. “As vantagens desse convênio com o Credibahia são a forma simplificada de concessão do crédito, na qual a única garantia que precisa é a do fiador, e o processo rápido, sendo necessário apenas cumprir os pré-requisitos e apresentar a documentação exigida”, explica o secretário da SEDEA , Bruno Fagundes.

O gestor da pasta destaca, ainda, que a parceria com o Credibahia é uma alternativa para as pessoas que precisam de crédito para montar ou investir no seu próprio negócio, uma vez que, por conta dos valores serem menores, esse não é um mercado de interesse das grandes instituições financeiras.

“A iniciativa é de extrema importância pois o município abraça essas pessoas que desejam ter o próprio negócio, sobretudo num cenário de dificuldades de geração de emprego formal. O trabalho de capacitação realizada pelas secretarias de Desenvolvimento Econômico e de Assistência Social  na área empresarial, também aumenta a possibilidade de conseguir o recurso, transformando aquele conhecimento em fonte de renda. Esse é o nosso intuito: fechar o ciclo econômico para os alagoinhenses”, completa o secretário.

Para adquirir o empréstimo os pré – requisitos são ter um pequeno negócio e não ter restrição no CPF (nessa modalidade não é utilizado CNPJ). Documentação necessária: Para empréstimo individual, o RG, CPF e comprovante de residência para o cliente; para o avalista: RG CPF comprovante de residência e comprovante de renda; para empréstimo em grupo mínimo de 3 pessoas: RG CPF e comprovante de residência.

O crédito inicial é de 1.500 a 3.000 reais, subindo gradativamente. Os interessados deverão se dirigir à Sala do Empreendedor, na Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente (SEDEA), localizada à Rua Soror Joana Angélica, s/n – Centro. Mais informações pelo contato 75 9 9961-8530 (WhatsApp).

 


Postar um comentário

0 Comentários