Justiça Federal rejeita nova denúncia em caso que levou Temer à prisão

Decisão é do juiz Marcus Vinicius Bastos, titular da 12ª Vara Federal do DF

Foto: Marcos Correa/PR
Foto: Marcos Correa/PR

 

O caso sobre as supostas irregularidades do ex-presidente Michel Temer, do ex-ministro Moreira Franco e outras seis pessoas ligadas à Eletronuclear teve, na sexta-feira (4), uma denúncia rejeitada pela Justiça Federal do Distrito Federal.A informação é da coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo.

Com isso, o ex-presidente e seu ex-ministro não precisarão responder judicialmente às suspeitas do Ministério Público Federal (MPF) sobre o possível desvio de R$ 1,8 bilhão das obras da Usina Nuclear Angra 3, em forma de propina.

A decisão é do juiz Marcus Vinicius Bastos, titular da 12ª Vara Federal do DF. Para Moraes, a competência para tratar do tema nunca foi de Bretas, que mandou prender o ex-presidente e seu ex-ministro de Minas e Energia, junto a outros seis acusados, em março de 2019.

Bahia.ba

Postar um comentário

0 Comentários