Presos deixam bilhete com pedido de desculpa após fugir de presídio no Mato Grosso

Grupo com 14 homens que escaparam de penitenciária no município de Água Boa segue foragido

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

Um grupo de 14 presidiários deixou um bilhete de desculpas para o policial plantonista, após fugir da Penitenciária Regional Major Zuzi Alves da Silva, no município de Água Boa, no Mato Grosso. A informação é do jornal O Globo.

“Desculpe seu [nome do policial penal], a intenção não era ir no seu plantão. Era desse [nome de outro servidor] safado… O agente dele bateu na minha cara. Ass: o cara que não estava dormindo”, diz o texto deixado pelos detentos, que continuam foragidos.

A Polícia Civil informou que os presos escavaram um túnel de cerca de 30 metros, com espessura de 20 cm a 30 cm, saindo de uma cela da Ala 1, onde ficam os criminosos de alta periculosidade. Para conseguir cavar, eles teriam utilizado instrumentos artesanais confeccionados a partir de materiais das grades e das paredes das celas.

Segundo o jornal, a polícia investiga as circunstâncias da fuga e o delegado Valmon Pereira da Silva, responsável pelo inquérito, designou equipes para ouvir os presos que estavam no momento em que o grupo escapou da penitenciária. Uma perícia no local também foi solicitada à Polícia Técnico Científica (Politec).

“Todas as linhas de investigação têm sido adotadas e não descartamos nenhuma informação. Contudo, todas as dúvidas serão esclarecidas com a conclusão do inquérito policial”, declarou o delegado.

Bahia.ba

Postar um comentário

0 Comentários