Governadores vão descongelar o ICMS em fevereiro

Decisão ocorre em função da volta dos reajustes da Petrobras nos preços dos combustíveis

Foto: Reprodução/Agência Brasil
Foto: Reprodução/Agência Brasil

 

Diante da volta dos reajustes da Petrobras nos preços dos combustíveis e da falta de uma proposta do governo para reduzir a alta de preços, governadores e o Comitê Nacional dos Secretários Estaduais de Fazenda (Comsefaz) decidiram por manter o congelamento do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre os combustíveis somente até o final deste mês. A medida, que começou a valer em novembro por 90 dias, será descontinuada em fevereiro.

Os estados e o Distrito Federal decidiram suspender o aumento do ICMS pela variação dos preços de gasolina e diesel no início do mês de novembro. A decisão, no entanto, vigorava até o fim de janeiro e não será renovada.

O novo reajuste da Petrobras entrou em vigor na última quarta-feira (12). O litro da gasolina começou a ser vendido para as distribuidoras no valor de R$ 3,24, com alta de 4,8%. Antes eram cobrados R$ 3,09. O diesel também sofreu aumento de 8%, passando a valer R$ 3,61 o litro.

Bahia.ba

Postar um comentário

0 Comentários