Pastora envia R$ 6 mil para golpista que se passava por filho dela

A vítima, moradora de Vitória da Conquista, só percebeu que tinha caído em um golpe após ligar para o filho, apenas no dia seguinte

Foto: Reprodução/TV Sudoeste

A pastora Mery Sônia de Oliveira, moradora de Vitória da Conquista, foi mais uma vítima de golpistas que atuam através de aplicativos de mensagem. Ela transferiu R$6,2 mil para um golpista que se passava por seu filho.

Foram feitas três transferências bancárias. A mulher só percebeu que havia caído num golpe no dia seguinte, quando ligou para o filho.

Em entrevista à TV Sudoeste, a pastora conta que estranhou quando, no dia seguinte a ter feito as três transferências, o golpista pediu mais um novo valor, dessa vez ainda mais alto. Foi aí que estranhou e resolveu ligar.

Mery Sônia também conta que se sentiu impotente. Mesmo sabendo da recorrência desse golpe, ela não se preveniu e caiu nele.

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) informa que houve um aumento de 70% nos golpes virtuais, durante a pandemia. Já segundo a Delegacia de Furtos e Roubos de Vitória da Conquista, esse tipo de crime representa metade dos estelionatos.


Metro1

Postar um comentário

0 Comentários