Governo federal dispensa ajuda da Argentina no socorro às vítimas das chuvas na Bahia

O país vizinho enviaria missão com especialistas nas áreas de água, saneamento, logística e apoio psicossocial

Foto: leitor/bahia.ba
Foto: leitor/bahia.ba

 

O governo federal dispensou o apoio oferecido pela Argentina para as vítimas das fortes chuvas na Bahia, que já deixaram 24 mortos e atingiu 629 mil pessoas. A decisão da União foi comunicada ao governo baiano pelo consulado argentino na noite desta quarta-feira (29).

O país vizinho havia se disposto a enviar imediatamente à Bahia uma missão com profissionais especializados nas áreas de água, saneamento, logística e apoio psicossocial para vítimas de desastres. No Twitter, o governador Rui Costa chegou a agradecer o apoio humanitário e pedir celeridade ao Planalto na autorização da missão internacional.

O governo Bolsonaro, entretanto, surpreendeu ao dispensar a ajuda. Por meio de documento oficial, o Ministério das Relações Exteriores agradeceu a proposta argentina e afirmou que a situação na Bahia “está sendo enfrentada com a mobilização interna de todos os recursos financeiros e de pessoal necessários”. A pasta declarou ainda que “na hipótese de agravamento da situação, requerendo-se necessidades suplementares de assistência, o Governo brasileiro poderá vir a aceitar a oferta argentina de apoio da Comissão dos Capacetes Brancos, cujos trabalhos são amplamente reconhecidos”.

Bahia.ba

Postar um comentário

0 Comentários