Governo distribui cestas básicas a comunidades indígenas afetadas por chuvas no Extremo Sul

Ação compreendeu cidades de Eunápolis, Itapebi, Belmonte, Porto Seguro, Camacan, Pau Brasil, Itagi e Nova Viçosa

Foto: Mateus Pereira/GOVBA

O governo da Bahia, através da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil, distribuiu 1.790 cestas de mantimentos nesta quarta-feira (22) para comunidades indígenas nos municípios do extremo sul do estado afetados pelas fortes chuvas. Desde o início de novembro, a região tem enfrentado tempestades que causam estragos nas cidades.

A ação, realizada pelo Gabinete Avançado do Governo do Estado, montado no município de Itamaraju em apoio às cidades e às vítimas das enchentes, compreendeu as cidades de Eunápolis, Itapebi, Belmonte, Porto Seguro, Camacan, Pau Brasil, Itagi e Nova Viçosa.

Além da distribuição das cestas, a Sepromi tem visitado as aldeias indígenas e comunidades tradicionais da região para acompanhar e atender as famílias. Segundo a titular da pasta, Fabya Reis, “as comunidades tradicionais que, em grande parte, ficam mais isoladas e vulnerabilizadas nestas circunstâncias”.

Em Itamaraju, a secretária informou que visitou áreas na comunidade de Beira Rio, onde voltou a chover nos últimos dias. Os moradores foram orientados a procurar abrigo nos locais oferecidos pelo poder público ou com parentes e amigos.

Metro1

Postar um comentário

0 Comentários