Assinada ordem de serviço para construção do Hospital Materno-Infantil de Alagoinhas


 

Alagoinhas terá uma nova unidade de atendimento hospitalar. A ordem de serviço para iniciar as obras do primeiro hospital municipal foi assinada, nesta sexta-feira (17), pelo prefeito Joaquim Neto, pela secretária de Saúde do município, Laína Passos, o senador da Otto Alencar, e o deputado federal Otto Filho. A futura estrutura já começou a ser erguida na Rua Onório José Cunha, próximo ao Terminal Rodoviário, no bairro Alagoinhas Velha, e vai comportar 54 leitos, sendo eles obstétricos e pediátricos.

 


Durante a solenidade da assinatura, o prefeito Joaquim Neto explicou que a futura unidade é um divisor de águas no município. “O Hospital Materno-Infantil sempre foi uma das minhas maiores preocupações e esse novo espaço vai garantir atendimento de excelência a mulheres e crianças e diminuir ainda mais os índices de morte materno-infantil na região. É mais um compromisso com a população que está sendo honrado pela Prefeitura”, afirmou o chefe do executivo municipal.

 

O investimento para a construção do Hospital Materno-Infantil está estimado em R$ 13 milhões, aproximadamente. Para a secretária da Saúde, Laína Passos, essa é a confirmação do caminho que a gestão tem traçado. “Para nós é motivo de grande alegria, de grande satisfação. Assinamos esta ordem de serviço que marca a história do nosso município. Agradeço todo empenho dos profissionais de saúde que  lutaram para que tornássemos concreto esse grande sonho; os diversos técnicos da Rede de Atenção à Saúde e também das demais secretarias envolvidas nesse processo”, disse a gestora.



Para o senador Otto Alencar, o ato concretizado é de muita importância para as áreas de saúde e social. “Eu defendo muito que Alagoinhas tenha uma maternidade que dê atenção a mulher e a criança, que possa ser realizado acompanhamento de pré-parto, do pós-parto, que a criança já saia da Maternidade com o acompanhamento necessário. Também é nesse espaço que as mulheres devem fazer o preventivo do câncer de mama, do câncer do colo do útero e do ovário. Então esse é um equipamento importante, essa maternidade é um marco para Alagoinhas”, explicou o senador, se colocando à disposição visando conseguir mais investimentos para a cidade.

 

O deputado federal Otto Filho, que também participou da cerimônia, anunciou mais investimentos para a cidade. “É um sonho realizado a construção do Hospital Maternidade de Alagoinhas. Um investimento de aproximadamente 10 milhões de reais por meio do senador Otto, com mais as emendas que nós vamos colocar, no valor de 2,5 milhões de reais também do senador, e 950 mil reais meus, somam quase 14 milhões de reais investidos. Então, eu não poderia estar mais feliz porque é um momento histórico”, afirmou.


Em suas falas, o deputado federal Joseildo Ramos, o presidente da Câmara José Cleto, o vereador Marcio da Cavada, a primeira-dama Ludmilla Fiscina, a diretora da Maternidade Doutor João Carlos Meirelles Paolilo, Gilsiane Melo, ressaltaram a importância da obra para Alagoinhas e agradeceram a todos que se empenharam para tornar o Hospital Materno-Infantil concreto. Também fizeram parte da composição da mesa o vice-prefeito de Alagoinhas, Roberto Torres; o prefeito de Acajutiba, Alex Freitas;  e o representante do Conselho Municipal de Saúde, Moacir Lira.

Também estiveram presentes os vereadores Juracy Nascimento, Edy da Saúde, Anderson Baqueiro e o presidente da Câmara, José Cleto; representantes dos municípios de Inhambupe, Sátiro Dias, Esplanada, Acajutiba, Itanagra, Araçás, Aramari, Ichu, Serrinha, Cardeal da Silva, Cícero Dantas, Jeremoabo, Ouriçangas, Governador Mangabeira, Cruz das Almas, Itapicuru e Irará; secretários, subsecretários, diretores e representantes da Prefeitura de Alagoinhas.

 

Foto: Roberto Fonseca / SECOM

Postar um comentário

0 Comentários