Morre Paulo Diniz, compositor de "Pingos de Amor", aos 82 anos

Foto: Reprodução 

Artista faleceu de causas naturais na manhã desta quarta-feira (22)


O cantor e compositor Paulo Diniz faleceu às 7h desta quarta-feira (22) em sua residência no bairro da Boa Viagem, na zona sul do Recife. De acordo com comunicado da equipe do artista de 82 anos, ele morreu de causas naturais. As informações são da Folha de Pernambuco.

Paulo Diniz fez sucesso por volta dos anos 1970, época em que morou no Rio de Janeiro. Nesse período, compôs canções que foram gravadas por grandes intérpretes, como Pingos de Amor, que contou com uma versão do Kid Abelha, interpretada por Paula Toller. Ele também é autor de Bahia Comigo.

Paulo Aleixo, amigo e colega do artista, estava produzindo juntamente com a cantora Cristina Amaral um projeto em homenagem a Diniz. "Eu estava administrando as redes sociais dele e muito feliz pelo trabalho que estávamos fazendo. Estava sendo meu presente de 15 anos de profissão como produtor. A gente se encontrava pouco, por causa da covid-19, mas trocava muitas ideias", explicou nas redes sociais.

O velório do compositor ocorrerá às 10h de quinta-feira (23), no Recife, e será reservado para amigos próximos e familiares. O local ainda não foi divulgado.
Homenagens

Nas redes sociais, Luciana Santos, vice-governadora de Pernambuco, fez uma publicação em que lamentou a morte do artista. "Soube há pouco do falecimento do cantor e compositor Paulo Diniz. Esse pernambucano querido escreveu uma das músicas mais belas e conhecidas do nosso cancioneiro. Pingos de Amor atravessa gerações, mas não foi a única composição genial da sua lavra. Daqui, nossa homenagem nessa despedida e um abraço fraterno e solidário à Iluminata, sua esposa, e toda família, amigos e fãs — como eu — deste grande ícone da música brasileira", escreveu.

O governador Paulo Câmara (PSB) também lamentou o falecimento do cantor e compositor e acrescentou que Pernambuco perdeu um grande nome da música popular. "Fez carreira no sudeste trabalhando ao lado de grandes nomes da música brasileira, mas sempre manteve as raízes fincadas no seu estado natal, para onde retornou consagrado. Quero externar meu pesar e minha solidariedade aos seus familiares, amigos e muitos fãs, neste momento de profunda tristeza". 


Do GZH

Postar um comentário

0 Comentários