Rui Costa anuncia concurso com 2 mil vagas para a Polícia Militar

Rui Costa anuncia concurso com 2 mil vagas para a Polícia Militar
Foto: Joa Souza / GOVBA

Mais 2 mil policiais militares vão reforçar o efetivo da corporação, a partir do próximo ano. O anúncio foi feito pelo governador Rui Costa, nesta segunda-feira (9), durante a cerimônia de formatura de 917 novos soldados, na Vila Militar dos Dendezeiros, em Salvador.

 

"Prometi e cumpri que, quando esta turma se formasse, abriríamos este novo concurso. E, assim, queremos que, no próximo ano, os aprovados já possam iniciar o curso de formação", afirmou. Até o final de 2022, 1.700 policiais aprovados no último concurso iniciam o curso de formação. Com esse contingente, serão 2.617 novos policiais no enfrentamento da violência, somente este ano.

 

Rui disse ainda que a Bahia segue investindo em equipamentos para as forças de segurança, com a autorização para a compra de mil novos fuzis para a Polícia Militar. O armamento será adquirido por meio de licitação do estado ou registro de preço de outros estados. "São muitos recursos destinados à infraestrutura, na aquisição de equipamentos e novas viaturas e na qualificação desses profissionais. Seguimos em frente para reforçar a segurança no estado, de maneira ágil, assertiva e eficaz no combate ao crime", completou o governador.

 

Esses investimentos incluem outros dois concursos. Um deles oferece mil vagas para a Polícia Civil, e as inscrições começaram nesta segunda-feira (9). São 150 para o cargo de delegado, 150 para escrivão e 700 para investigador. Com validade de um ano, prorrogável por igual período, o certame é organizado pelo Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), em parceria com a Secretaria da Administração (Saeb) e Polícia Civil. As inscrições são realizadas pelo endereço www.ibfc.org.br, até 7 de junho. O outro concurso já autorizado oferecerá 456 vagas para peritos em diversas áreas da Polícia Técnica.

 

POLICIAIS MORTOS

O anúncio veio após a comoção causada pela morte de três PMs no final de semana. Na noite do último sábado (7), o militar Alexandre Menezes, de 30 anos de idade, foi assassinado, enquanto fazia rondas no bairro de Águas Claras, na periferia de Salvador, pelo Pelotão de Emprego Tático Operacional (Peto) da 3ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM Cajazeiras) (leia mais aqui).

 

Já na noite deste domingo (8), na localidade conhecida como Invasão da Independência, na região de Cajazeiras, em Salvador, dois policiais militares da 3ªCIPM, identificados como soldados Vieira Cruz e Shanderson foram mortos a tiros. Os militares voltavam do velório do colega, soldado Menezes, morto um dia antes em Águas Claras (relembre aqui).


Bahia Notícias

Postar um comentário

0 Comentários