PF apresenta aos partidos plano de segurança dos presidenciáveis

Foto:Divulgação


Objetivo da reunião é tratar do alinhamento estratégico para o período eleitoral


A Polícia Federal marcou para a manhã desta terça-feira (31), a reunião com representantes de partidos políticos com objetivo de apresentar o plano de segurança para proteção aos candidatos à Presidência da República. A reunião será na nova sede da corporação, em Brasília.

É da Polícia Federal a responsabilidade pela segurança dos presidenciáveis durante o processo eleitoral, neste ano a oficialização das candidaturas ocorrerá no dia 5 de agosto e o início da campanha será no dia 16 agosto, com término no dia 1º de outubro. O primeiro turno está marcado para ocorrer no dia 2 de outubro.

Até o momento os pré-candidatos ao Palácio do Planalto são: Luiz Inácio Lula da Silva (PT) Jair Bolsonaro (PL) Ciro Gomes (PDT) Simone Tebet (MDB) André Janones (Avante) Pablo Marçal (PROS) Vera Lúcia (PSTU) Luciano Bivar (União Brasil) Eymael (DC) Felipe D’Avila (Novo) Leonardo Péricles (UP) Sofia Manzano (PCB).

De acordo com a PF, as ações da Operação Policial de Proteção aos Presidenciáveis, tiveram início em março deste ano. Primeiramente, os partidos políticos foram contatados para que fosse informado à PF se possuíam candidatos à presidência e dar inícios às tratativas de segurança.

Em abril, foi instituído o Curso de Proteção à Pessoa, destinado a servidores da PF e convidados, cujo objetivo foi formar operadores para as equipes de segurança dos candidatos à Presidência da República. A estimativa é que cada candidato terá uma equipe de 30 agentes.

Do Diário do Poder

Postar um comentário

0 Comentários