Anvisa sugere máscara e isolamento para adiar chegada de varíola

Foto: Reprodução

Foram confirmados, desde o início do mês, 120 ocorrências da doença em 15 países

Para tentar adiar a entrada do vírus da varíola dos macacos no Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) pede o reforço de medidas não farmacológicas, como distanciamento, máscara e higienização frequente de mãos, em aeroportos e aeronaves.

Foram confirmados, desde o início do mês, 120 ocorrências da doença em 15 países. Uma sala de situação foi criada pelo Ministério da Saúde para monitorar o cenário do vírus no Brasil. Existe a expectativa de que a doença possa chegar ao país nos próximos dias, principalmente por a Argentina, vizinham ter registrado casos suspeitos


A varíola dos macacos é uma doença original de roedores silvestres, mas que foi isolada inicialmente em macacos. Frequente na África, tem ocorrência rara em outros continentes. Embora creiam que o desequilíbrio ambiental seja um fator importante para o atual surto, cientistas não veem razão para pânico, principalmente por existirem tratamento e vacinas.

Do A Tarde

Postar um comentário

0 Comentários