TSE prorroga resolução e biometria não será obrigatória nas eleições deste ano

A decisão leva em conta a circunstância da pandemia de Covid-19

Foto: Antonio Augusto / Secom / TSE

O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) prorrogou, na terça-feira (19), a resolução que suspende temporariamente o cancelamento do título de eleitor de quem não fez a revisão biométrica. A decisão leva em conta a circunstância da pandemia de Covid-19. 

Com isso, os eleitores sem biometria cadastrada poderão votar nas eleições deste ano. 

A prorrogação aconteceu na resolução editada pelo TSE em março de 2020. Naquele ano, a medida alcançou milhões de eleitores de 17 estados que não partciparam das revisões biométricas, mas puderam votar normalmente nas eleições municipais.


Metro1

Postar um comentário

0 Comentários