R$ 39 milhões: Justiça acata denúncia contra 11 acusados por lavagem de dinheiro na Bahia

Grupo é investigado por sonegar mais de R$ 39 milhões, por meio da criação de empresas em nome de ‘laranjas’ 

Foto: Natália Verena/Ascom PC

A Justiça acatou nesta quarta-feira (6) a denúncia, oferecida pelo Ministério Público estadual, contra 11 acusados na Operação Panaceia por cometer crimes de sonegação fiscal, lavagem de dinheiro, associação criminosa e falsidade ideológica. 

A operação deflagrada pelo MP, Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia (Sefaz), Polícia Civil e Receita Federal desarticulou grupo investigado por sonegar mais de R$ 39 milhões, por meio da criação de empresas em nome de ‘laranjas’.

Conforme informações da Força-Tarefa, o esquema de sonegação, que também envolveria lavagem de dinheiro, existia há pelo menos 12 anos, iniciando com a empresa Millenium Farma Distribuidora de Medicamentos Ltda.


Metro1

Postar um comentário

0 Comentários