VÍDEO: Na abertura dos trabalhos de 2022, Bruno Reis é recebido com vaias na CMS

Divulgação

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), foi recebido com vaias de manifestantes em sua chegada à Câmara de vereadores, na manhã desta quarta-feira (2). O gestor municipal participa da abertura dos trabalhos na Casa Legislativa para o exercício de 2022.

 

Um grupo se mobilizou em frente ao Paço Municipal para protestar contra o aumento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) em Salvador. A manifestação foi organizada pelo movimento "IPTU Justo", que vem dando visibilidade ao assunto desde o início do ano (veja mais aqui).  Presente no ato, uma das fundadoras do grupo, Linéia Costa, aponta que a ida às ruas tem o objetivo de sensibilizar a bancada de vereadores para a "necessidade de revisão da legislação do IPTU em Salvador".

 

Ao Bahia Notícias, Linéia afirmou que o movimento já tentou dialogar com a prefeitura e com a Sefaz, mas a resposta não foi a esperada. De acordo com ela, não houve "acolhimento" por parte da gestão. "A decisão do movimento foi vir aqui hoje na abertura solene da Câmara porque a gente sabia que todos os vereadores estariam presentes para trazer uma carta aberta. Para falar francamente sobre a questão da falta de isonomia tributária e de quanto o IPTU está pesando no bolso do cidadão de Salvador", disse.

 

 

Além do movimento, professores e fazendários estão reunidos na Câmara para protestar contra os reajuestes. Karla Borges, participante do movimento dos fazendários, contou que o protesto não era contra a cobrança, mas sim contra a ‘taxa abusiva’ e denunciou os casos de Covid-19 na Secretaria da Fazenda da Bahia (Sefaz) (leia mais aqui).

 

“Em paralelo estamos pleiteando que medidas sanitárias sejam adotadas na Sefaz, que haja respeito ao servidor e colaborador por conta da contaminação de vários prédios da Sefaz, de Covid”, afirmou Karla.

Postar um comentário

0 Comentários