Eunápolis: Terreiro de candomblé é alvo de ataque de grupo de evangélicos

Eunápolis: Terreiro de candomblé é alvo de ataque de grupo de evangélicos
Foto: Reprodução / Radar 64

Um terreiro de candomblé em Eunápolis, na Costa do Descobrimento, foi alvo de atos de intolerância religiosa, com agressão física. Segundo o Radar 64, o fato ocorreu na tarde deste domingo (13) em frente ao terreiro Logun Edé, situado no bairro Juca Rosa, zona Norte de Eunápolis.

 

Ao site, a mãe de santo Luziene Almeida Silva disse que foi agredida por um pastor e pelos fiéis. Ela declarou ainda que precisou empurrar alguns evangélicos para impedir que o local fosse violado. O caso ocorreu por volta das 15h quando o grupo de cerca de 30 evangélicos foi até a frente do terreiro e, com ajuda de um carro de som, começou a fazer pregação.

 

Luziene Almeida Silva declarou também que registrou boletim de ocorrência na delegacia da cidade. Nesta segunda-feira, ela deve voltar à delegacia com um advogado para dar continuidade à denúncia de intolerância religiosa. O Logun Edé existe há 43 anos. 



Bahia Notícias

Postar um comentário

0 Comentários