Distribuída na periferia, cocaína envenenada deixa 20 mortos em Buenos Aires

Autoridades de saúde argentinas emitiram alerta; dez pessoas foram presas

Foto: Secretaria de Saúde de Buenos Aires

Ao menos 20 pessoas morreram e outras 70 precisaram ser hospitalizadas depois que consumiram uma porção de cocaína envenenada, em Buenos Aires, na Argentina. De acordo com investigações iniciais, a droga, após ser misturada com uma substância ainda não identificada, havia sido distribuída no subúrbio da capital. Dez pessoas foram presas.

Conforme as primeiras análises, o conteúdo tem alto nível de toxicidade.

Autoridades de saúde da província emitiram um alerta epidemiológico para alertar a população, ao passo que a polícia tenta identificar a origem da droga envenenada. O ministro da Segurança, Sergui Berni, pediu aos consumidores de cocaína. "Quem comprou droga nas últimas 24 horas tem que descartá-la". É, segundo ele, uma substância com "alto nível de toxicidade".

Investigadores aguardam o resultado dos exames toxicológicos para saber a substância letal com a qual a cocaína foi misturada.  Os principais sintomas dos consumidores hospitalizados são "sinais de choque, depressão sensorial, desconforto respiratório e excitação psicomotora", segundo o alerta epidemiológico emitido pelo Ministério da Saúde à equipe médica. 


Metro1

Postar um comentário

0 Comentários