Com as equipes principais, Vitória e Bahia fazem o clássico no Barradão pelo Baiano

Com as equipes principais, Vitória e Bahia fazem o clássico no Barradão pelo Baiano
Foto: Enaldo Pinto / Ag. Haack / Bahia Notícias

Nas últimas temporadas, a dupla Ba-Vi iniciou as disputas do Campeonato Baiano com equipes sub-23. Após o terrível ano de 2021 em que os dois foram rebaixados nas suas divisões nacionais, o calendário folgou, o bolso apertou e ninguém tem mais motivos para manter dois times. Com isso, Vitória e Bahia se enfrentam nesta quarta-feira (2), às 19h15, pela quarta rodada do estadual, com seus elencos principais. O embate entre os rivais também pode ser o único da temporada de 2022.

 

Vitória e Bahia se encontram em momentos parecidos, já que ambos são vistos com desconfiança por seus torcedores. O principal foco do Leão é a disputa da Série C, enquanto o Tricolor faz sua reformulação para a Série B. Mas os dois têm no estadual uma forma de acalmar suas torcidas e ganhar confiança para lutarem por seus acessos.

 

Neste momento, o Bahia está à frente do Vitória na tabela de classificação. O Tricolor ocupa a quarta colocação com cinco pontos, um a mais do que o Leão que aparece logo atrás na quinta posição. Devido a restrição de público no estádio em meio ao combate a pandemia do novo coronavírus, o Barradão receberá apenas 1,5 mil torcedores nas arquibancadas.

 

VITÓRIA
Dono do Barradão, o Vitória chega no clássico tentando a reabilitação após derrota para o Jacuipense no seu reduto, mas com mando de campo do adversário. Inclusive, o técnico Dado Cavalcanti espera que o time tenha aprendido com o erro diante do Jacupa para não voltar a cometê-lo contra o rival.

 

"Esses detalhes, num confronto entre duas equipes do mesmo tamanho, são fundamentais para o resultado. Acho que a gente aprende muito com os jogos, com os erros. O aprendizado com os próprios erros machucam ainda mais, mas entendo também que eles ensinam ainda mais. Espero muito que nossa equipe esteja muito vacinada em relação a essa condição do que ocorreu contra o Jacuipense e que a gente não dê margem para que isso se repita no clássico", afirmou.

 

Para embate com o rival, Dado vetou o atacante David, por causa da negociação com Metalist, da Ucrânia. Além disso, o zagueiro Mateus Moraes foi expulso no último jogo e vai cumprir suspensão. O substituto será Ewerton Páscoa.

 

BAHIA
O Bahia chega no clássico vindo de dois triunfos consecutivos, sendo o primeiro sobre o Doce Mel pelo Baianão, e o segundo diante do Campinense, na estreia da Copa do Nordeste. Nesses dois compromissos, técnico Guto Ferreira esteve à beira do gramado e usou jogadores do elenco principal.

 

O placar do triunfo sobre o Campinense foi construído por jogadores importantes do elenco do Tricolor que podem fazer a diferença. Marco Antônio marcou o primeiro, enquanto Rodallega fez um golaço de falta e Marcelo Cirino deu números finais aos 3 a 1. No entanto, os dois últimos ainda não estão em plenas condições e começaram a partida no banco.

 

"Os jogadores que estão entrando, o gol foi de Rodallega, muito importante, artilheiro, vai trazer confiança. Cirno está no processo de recuperação de ganhar ritmo de jogo, confiança. Ele está fazendo 15 minutos, 20, hoje fez 25 minutos. Deu uns 30 com os acréscimos. E conseguiu fazer o gol. Nível de confiança sobe. Daqui a pouco podemos ter o grande jogador que ele é, recuperado de lesão e confiante para nos ajudar na temporada toda", comentou Guto após o jogo do último sábado (29).

 

Para o clássico, o Bahia chega sem desfalques.

 

FICHA TÉCNICA
Vitória x Bahia
Campeonato Baiano - 4ª rodada

Local: Barradão, em Salvador (BA)
Data: 02/02/2022 (quarta-feira)
Horário: 19h15
Árbitro: Marielson Alves Silva (CBF-BA)
Assistentes: Elicarlos Franco de Oliveira (CBF-BA) e Jucimar dos Santos Dias (CBF-BA).

 

Vitória: Lucas Arcanjo; Iury, Alisson Cassiano, Ewerton Páscoa e Salomão; João Pedro, Eduardo, Gabriel Santiago e Jadson; Luidy e Guilherme Queiróz. Técnico: Dado Cavalcanti.

 

Bahia: Danilo Fernandes; Jonathan, Gustavo Henrique, Luiz Otávio e Djalma; Patrick, Rezende e Daniel; Marco Antônio, Raí Nascimento e Marcelo Ryan. Técnico: Guto Ferreira.




Leandro Aragão/Bahia Notícias

Postar um comentário

0 Comentários