SP confirma 24 casos de 'flurona', coinfecção por Covid e influenza

Capital paulista está monitorando pacientes internados; hospital referência tem 70% dos leitos ocupados 

Foto: Marcelo Pereira / SECOM

A cidade de São Paulo já registrou 24 casos de coinfecção por Covid-19 e influenza, fenômeno que está sendo chamado de "flurona", uma junção do nome das duas doenças.

Os dados foram confirmados no início da tarde desta terça-feira (4) pela Secretaria Municipal da Saúde, informa o jornal Folha de S. Paulo.

Segundo a pasta, desde 2020, todos os pacientes com SRAG (Síndrome Respiratórias Agudas Grave) hospitalizados têm coletada amostra para pesquisa dos vírus influenza e Sars-CoV-2.

"Dados do Sistema de Vigilância Epidemiológica da Gripe [Sivep-Gripe] indicaram 24 registros de Srag com coinfecção de influenza e Covid-19, considerando a metodologia RT-PCR detectável para ambos os vírus", afirma a secretaria, em nota.

A pasta diz ainda que está monitorando os pacientes com síndrome respiratória hospitalizados, realizando um painel viral.

Casos de de coinfecção por Covid-19 e influenza também foram registrados no Ceará e no Rio de Janeiro.

Na manhã desta terça, o Hospital Municipal da Brasilândia, voltado atualmente para acolhimento e tratamento dos casos de síndromes gripais, tinha 121 pacientes internados em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e 164 em enfermaria, o que representa 70% de ocupação da unidade da zona norte da cidade de São Paulo, que também atende pacientes com Covid-19.


Metro1

Postar um comentário

0 Comentários