REAJUSTE NA TARIFA DO SAAE FICARÁ ABAIXO DO ÍNDICE NACIONAL DE PREÇOS AO CONSUMIDOR AMPLO – IPCA


O reajuste anual da tarifa da conta do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Alagoinhas (SAAE) será de 9,15%, conforme divulgado nesta segunda-feira (03), no Diário Oficial do Município, por meio do decreto nº 5.719/2022. Isso significa que a taxa mínima residencial passará de R$ 36,76 para R$ 40,12.

O novo valor tarifário, cujo percentual está abaixo do estabelecido pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) – principal índice utilizado para medir a inflação que, em 2021, teve aumento de 10,74% -, será cobrado nas contas com vencimento a partir de fevereiro.

O reajuste é necessário, considerando que o SAAE é uma autarquia, portanto tem autonomia financeira e depende dos recursos provenientes da conta de água e esgoto, entre outros serviços, para levar melhorias aos cidadãos. O aumento na tarifa acompanha, dentre outros fatores, os reajustes dos valores dos insumos utilizados para realizar ampliações nas redes de abastecimento e esgotamento sanitário, por exemplo.

“Seguimos os parâmetros da Agência Reguladora de Saneamento Básico do Estado da Bahia (Agersa), que estabeleceu o mesmo percentual de reajuste para a Embasa em outubro do ano passado”, explicou Francisco Brito, diretor geral do SAAE Alagoinhas. “Nos últimos tempos a energia subiu em torno de 25% no geral, combustível em torno de 40%, houve material que subiu 300%, então precisamos desse reajuste tarifário para manter o SAAE funcionando plenamente e atendendo, com qualidade, o cidadão alagoinhense”, concluiu.

OBRAS EM ANDAMENTO

Em dezembro de 2021 o SAAE iniciou uma extensão na rede de água no Oiteiro de 1272 metros, em agosto do mesmo ano foi realizada uma extensão de 562 metros, totalizando quase 2km, que vão beneficiar 110 famílias da comunidade. Neste momento, as equipes da autarquia estão realizando testes na Estação de Tratamento de Esgoto do Mangalô, que vai beneficiar 8 mil moradores do Barreiro e Mangalô com o tratamento dos dejetos domésticos, além de contribuir com a preservação do meio ambiente.

Todos esses avanços só serão viáveis a partir de uma tarifa que garanta a competitividade no mercado para a aquisição de insumos.

Ascom SAAE Alagoinhas.

Postar um comentário

0 Comentários