PSD baiano escolhe meses de maio e junho para veicular inserções no rádio e na TV

Na petição, entregue ao TRE-BA, os advogados Rafael de Medeiros Chaves Mattos e Lorena Araújo Galvão, solicitam a veiculação de 40 inserções partidárias

Foto: Agência Senado
Foto: Agência Senado

 

O Partido Social Democrático (PSD) Bahia pediu, na quarta-feira (6) ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) para fixar as datas de exibição da sua propaganda partidária obrigatória no rádio e na televisão. Os meses escolhidos foram maio e junho deste ano.

Na petição, entregue ao TRE-BA, os advogados Rafael de Medeiros Chaves Mattos e Lorena Araújo Galvão, solicitam a veiculação de 40 inserções partidárias, distribuídas em 13 dias de maio (2, 4, 6, 9, 11, 13, 16, 18, 20, 23, 25, 27 e 30 e sete dias de junho (3, 6, 8, 10, 13, 17, 22 e 29). Cada inserção tem 30 segundos.

Conforme a data, serão até quatro inserções (2 minutos), duas (um minuto) ou uma de 30 segundos por dia. O partido tem direito a um total de 20 minutos por ter eleito 35 deputados federais, em 2018. A sanção presidencial da lei da volta da propaganda partidária obrigatória, ocorreu no dia 3 de janeiro.

Bahia.ba

Postar um comentário

0 Comentários