OMS recomenda mais dois remédios contra o coronavírus

O baricitinibe é indicado para casos graves ou críticos e o sotrovimab (foto) para pacients sem quadro clínico grave

Foto: Divulgação, Merck
Foto: Divulgação, Merck

 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou na quinta-feira (13) a recomendação de dois medicamentos para o tratamento da Covid-19. O  baricitinibe passa a ser recomendado para pacientes em estado grave ou crítico. Já o anticorpo monoclonal sotrovimabe deve ser usado em pacientes que não apresentam quadros clínicos graves. A decisão tem como base estudo do Grupo de Desenvolvimento de Diretrizes da OMS.

Os efeitos da Covid-19 no corpo podem ser divididos em duas fases. A primeira consiste na fase viral, que reúne sintomas comuns de outras viroses, como dor no corpo, dor de cabeça, coriza, mal estar e febre.

Conforme a doença avança, por volta do sétimo dia da infecção, tem início a fase inflamatória. Quando exacerbada, a inflamação pode levar ao agravamento dos quadros clínicos. O medicamento baricitinibe, utilizado no tratamento de artrite, é conhecido pela capacidade de regular o processo de inflamação do organismo. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou a indicação do baricitinibe para o tratamento de pacientes internados com Covid-19 no dia 17 de setembro.

O sotrovimab é indicado apenas para pessoas com maior risco de hospitalização. Foram encontrados poucos benefícios para pacientes de menor risco. O anticorpo monoclonal imita a capacidade do sistema imunológico de combater o novo coronavírus. A OMS é contra o uso de plasma convalescente, ivermectina e hidroxicloroquina em pacientes com Covid-19 independente da gravidade da doença. 

Fonte: CNN Brasil

Postar um comentário

0 Comentários