Moro promete apresentar rendimentos obtidos na Alvarez & Marsal

Ex-juiz se comprometeu a apresentar nesta sexta seus rendimentos no escritório de advocacia

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

 

O ex-juiz Sérgio Moro se comprometeu a apresentar nesta sexta-feira (28) os valores recebidos durante o período em que trabalhou no grupo de advogados Alvarez & Marsal, após sua exoneração do Ministério da Justiça em 2020. Moro procura, com a exposição dos dados, provar que não recebeu dinheiro de empresas envolvidas na Operação Lava Jato.

Ele é investigado no Tribunal de Contas da União (TCU) pelos serviços prestados ao grupo de advocacia. A suspeita é de que teria agido em interesse próprio durante a Operação Lava-Jato de modo a levar o grupo empresarial Odebrecht à falência, uma vez que a gestão da recuperação judicial do grupo é feita por um dos escritórios pertencentes à Alvarez & Marsal. O processo no TCU chamou a atenção do PT, que cogitou abrir uma CPI na Câmara para investigar a atuação do ex-juiz.

Durante o processo, a Alvarez & Marsal divulgou os rendimentos obtidos com a gestão de recuperações judiciais e falências, totalizando cerca de R$42 milhões de empresas do grupo Odebrecht. Resta, porém, revelar se parte desse dinheiro chegou a ser entregue ao ex-juiz durante seu serviço à empresa: dado esse que, por conta de uma cláusula contratual de confidencialidade, só pode ser entregue com o consentimento de Moro.

Bahia.ba

Postar um comentário

0 Comentários