Furto de energia: operação especial remove 220 irregularidades no litoral

Em 20 municípios recuperadas energia suficiente para abastecer Imbassaí por um mês

Foto: Divulgação/Coelba
Foto: Divulgação/Coelba

 

A Neoenergia Coelba realizou uma operação especial em 20 municípios no litoral baiano. A intenção foi combater o furto de energia em locais com grande circulação de pessoas durante o verão. Durante os cinco dias de ação, a distribuidora identificou e removeu 220 irregularidades.

Estiveram diretamente envolvidos cerca de 265 profissionais da distribuidora, entre técnicos, eletricistas, analistas e engenheiros. Para aumentar a assertividade da ação, a Neoenergia Coelba utilizou tecnologias de redes inteligentes e modelagem estatística para mapear possíveis alvos. Com isso, foram recuperados 500 mil quilowatt-hora de energia, o suficiente para abastecer Imbassaí, famosa praia do litoral norte, durante um mês.

Os técnicos inspecionaram unidades residenciais, pequenos e grandes comércios e barracas de praia. Entre as unidades flagradas com ligação irregular estavam um colégio particular e a filial de uma loja de fast-food internacional em Salvador.

Crime e denúncias
A Neoenergia Coelba reforça que o furto de energia é crime previsto no artigo 155 do Código Penal Brasileiro, com pena de até oito anos de reclusão pela prática. Além de ilegal e insegura, a prática também prejudica o fornecimento de energia da região, podendo ocasionar interrupções nas localidades.

Denúncias podem ser feitas de forma anônima através do telefone 116 ou pelo site da Neoenergia Coelba.

Bahia.ba

Postar um comentário

0 Comentários