Caminhão-tanque explode e mais de 60 pessoas morrem

Médicos do programa Sem Fronteiras estão oferecendo assistência aos feridos


A explosão de um caminhão de combustíveis em Cap-Haitien, no Haiti, na madrugada desta terça-feira (14), causou mais de 60 mortes e deixou muitos feridos em estado grave. Equipes de saúde do programa Médicos Sem Fronteiras (MSF) foram encaminhadas para atender as vítimas do acidente.

De acordo com o Correio Braziliense, antes de explodir, o veículo tombou ao evitar uma colisão com uma motocicleta. Moradores da localidade tentaram coletar a gasolina e acabaram gravemente feridos, senão mortos, após a explosão.

Seis pacientes foram transportados de avião para a capital do Haiti e foram internados no hospital Tabarre. A unidade, administrada pela organização MSF, é especializada no tratamento de queimaduras graves.

“Este trágico evento apenas ressalta a necessidade de tratamento para queimados, que são um problema crônico no Haiti”, disse Jean-Gilbert Ndong, coordenador médico de MSF.

“Sobreviver e se recuperar de uma queimadura severa é um processo difícil que requer cuidados médicos especializados, muitas vezes por semanas ou meses. Continuaremos recebendo pacientes de acordo com as necessidades e nossa capacidade local”, completou Gilbert.

Bahia.ba

Postar um comentário

0 Comentários