Bahia anuncia primeiros três reforços; zagueiro Conti não fica

Os atacantes Rossi e Rodriguinho negociam com Athlético-PR e Santos; Gilberto pode ir para o Fortaleza

Foto: EC Bahia/divulgação
Foto: EC Bahia/divulgação

Depois de divulgar, na segunda-feira (20), a proposta de orçamento de R$ 95 milhões para o próximo ano, o Bahia acelerou a divulgação das mudanças no elenco para a próxima temporada. Na terça (21), o clube confirmou as chegadas do lateral-esquerdo Djalma, ex-Operário-PR, e do volante Rezende, ex-Goiás. A agremiação já havia anunciado o lateral-esquerdo Luiz Henrique, ex-Londrina. Todos os três disputaram a Série B este ano.

Nomes referência no elenco atual podem estar de saída. Avaliado em 2 milhões de Euros (mais de R$ 12 milhões), o zagueiro Conti não terá o contrato renovado após o fim do empréstimo, este mês. O martelo já foi batido. Em negociação para renovar, o meia Rodriguinho e o atacante Rossi estão em conversas também com Santos e Athlético-PR, respectivamente. Já o artilheiro Gilberto pode ir para o Fortaleza-CE, que disputará a fase de grupos da Libertadores em 2022.

Entre os atletas do tricolor que estavam emprestados, o meia Marco Antônio deve mesmo retornar. O zagueiro Ignácio, que estava na Chapecoense, será reintegrado ao grupo no CT Evaristo de Macedo. Ainda não foi divulgada como ficará a situação do lateral-esquerdo Moisés, que tem opção de compra em favor do Internacional-RS. O meia Eric Ramiresse transferiu ao Bragantino, que pagou a multa de R$ 12 milhões.

O presidente Guilherme Bellintani promete divulgar em breve um posicionamento sobre o atacante Clayson. O atleta está envolvido em uma investigação policial acusado de agredir uma mulher em Cuiabá (MT), onde atuou no clube de mesmo nome na atual temporada. 

Com informações do GE.

Postar um comentário

0 Comentários